RELACIONAMENTO ENTRE O BANCO CENTRAL DO BRASIL E O TESOURO NACIONAL: MELHORIAS RECÉM OCORRIDAS

Gustavo Neves Belém

Resumo


Este texto tem como propósito analisar a relação entre Banco Central do Brasil e
Tesouro Nacional, com o intuito de verificar melhorias que foram ou que podem ser
implementadas nessa relação.
Ambas as autoridades compõem o governo central, no que concerne as estatísticas
fiscais do Brasil. O conceito de governo federal, porém, inclui somente o Tesouro Nacional.
O Banco Central é a autoridade monetária do país, a qual compete a execução da
política monetária. Como tal, cabe a esta autoridade controlar a liquidez da economia, tendo
em vista os objetivos de política monetária a serem perseguidos. Abaixo, será visto quais os
instrumentos são utilizados para a consecução desses propósitos.
Ao Tesouro Nacional, como autoridade fiscal máxima do país, compete o controle e
execução da política fiscal. Como tal, compete-lhe o controle da dívida pública, ou seja, a
perseguição de uma política fiscal sustentável. Aqui, a ideia de sustentabilidade da dívida
entra na análise.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Associada e indexada à