A CRISE DA COVID-19: A RESPOSTA DO ESTADO BRASILEIRO E OS DESAFIOS PÓS PANDEMIA

Marcelo De Sá Mendes

Resumo


A pandemia de coronavírus teve o primeiro caso confirmado no Brasil no dia 26
de fevereiro de 2020. Antes, a China havia alertado a Organização Mundial da Saúde
(OMS) no dia 31 de dezembro de 2019 sobre uma série de casos de pneumonia na cidade
de Wuhan, com população estimada de onze milhões de pessoas. No dia 17 de março, o
Ministério da Saúde, no Brasil, confirmou a primeira morte no país. Desde então, e
considerando o dia em que este artigo é produzido (21/06/20), o país passou de um
milhão de pessoas oficialmente infectadas e mais de cinquenta mil mortes.
O fechamento dos comércios nas grandes cidades do país foi imediato, iniciandose
um debate econômico e jurídico acerca das atividades essenciais que deveriam
permanecer abertas no período. Fato é que a atividade econômica foi afetada de forma
bem significativa e jamais vista em toda a história do país.
Um ponto relevante e que acabou por definir o enredo desta história e o momento
que o país vive na pandemia foi o fato de que o Presidente da República pessoalmente
resolveu se opor politicamente ao isolamento social como medida efetiva no combate à
propagação da epidemia no país, deixando os governadores e prefeitos isolados – e em
lado oposto - na missão de coordenar todos os esforços no âmbito dos seus territórios.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Associada e indexada à